Shakespeare House

Feira Literária de Paraty (FLIP)         

Capelinha - Paraty, 2016 -British Council       

Instalação Artística: Gigi Barreto     

Iluminação: Alessandro Boschini

Gigi Cenografia Shakespeare (4).JPG
Gigi Cenografia Shakespeare (5).JPG
Gigi Cenografia Shakespeare (7).JPG
Gigi Cenografia Shakespeare (6).JPG
Shakespeare House Gigi Barreto Estúdio Cenografia
Shakespeare House Gigi Barreto Estúdio Cenografia
Shakespeare House Gigi Barreto Estúdio Cenografia
Shakespeare House Gigi Barreto Estúdio Cenografia
Shakespeare House Gigi Barreto Estúdio Cenografia

Cenografar os nichos de uma capela e fazer estes espaços se apropriarem das obras de um dos maiores dramaturgos do planeta é um convite desafiador. Na nave principal, onde aconteceram ciclos de leitura, peças e rodas de conversa, a obra era A Tempestade, trazendo questões tão humanas, quanto universais. O Estúdio retirou os bancos voltados para o altar e repôs outros, montando um único corpo para o debate, uma genuína roda de pertencimento. Acima, a grande escultura formada por centenas de cortes de papel vegetal, sem vinco, mostrava força e delicadeza, em múltiplos significados. Na sacristia, a biblioteca apresentava Romeu e Julieta, em parede de rosas vermelhas, produzidas pelas artesãs de Paraty. Exageradamente iluminado em vermelho, este lugar estranho seria um “inferninho”? Bem, no teto, milhares de fios vermelhos, ligavam o verbo AMO, gravado em cortes de tecido, conjugado sempre no presente, ou seja, o visitante entrava, na verdade, dentro do amor.