@2016. gigibarretoestudio© Todos os direitos reservados

Semana de Arte 2014

Exposição para Secretaria de Educação do RJ

Píer Mauá - RJ, 2014   

Direção: Rafael Dragaud   

Cenário: Gigi Barreto   

Iluminação: Samuel Betts

O objetivo da Semana de Arte era envolver os alunos do Ensino Médio em expressões artíticas que tivessem como mote uma obra literária, na busca por estimular, através da arte, a compreensão, o vocabulário, o gosto pela leitura. A edição 2014 foi “O Mundo da Palavra” e o Estúdio esculpiu 200m lineares de fita, em corpo único, que circulava por toda a extensão do galpão onde estava sediado o evento. Este “fio” conduzia conteúdos literários. Ora o visitante passava por dentro da fita, ora esta virava biblioteca, ou passava por cima da sala de cinema. A palavra tornou-se um elemento inesgotável, através do diálogo que oportuniza o pensamento, a elaboração, a comunicação. Uma grande “revoada” de livros ainda dizia, em outras “palavras”, que a imaginação é capaz de transportar para qualquer universo. Na entrada, “O Universo da Palavra” encontrava-se escrito em 150 idiomas para receber as delegações de estudantes estrangeiros. Importante destacar que o Estado do Rio de Janeiro melhorou sua colocação, junto ao IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), após a realização deste projeto.

Semana de Arte 2013

Exposição para Secretaria de Educação do RJ

Píer Mauá - RJ, 2013   

Direção: Rafael Dragaud   

Cenário: Gigi Barreto 

Iluminação: Samuel Betts

O Circo Invade a Cidade. Este foi o tema de mais uma Semana de Arte, evento que teve como objetivo contribuir para o despertar do prazer pela leitura, nos estudantes do ensino médio. O Estúdio criou uma cidade “dos sonhos”, com referências bem cariocas, a exemplo dos escritos do profeta Gentileza, e outras referências lúdicas como um coreto-palco, um caminhão-palco e um ônibus envelopado por poesia concreta e por uma galeria de arte onde ficavam em exposição obras dos alunos. Na oficina cenográfica (de carros), os estudantes tinham a oportunidade de curtir uma oficina de história em quadrinhos. Em bolhas gigantes eram exibidos vídeos produzidos pelos jovens. Os espaços de passagens eram também cheios de significados: uma rampa-pufe estampada de floresta convivia com florestas de prédios; todo o chão reproduzia o asfalto de carros; e um MC anunciava as atrações do alto de uma imensa cartola (espécie de totem citadino)! Esta cenografia plural e dinâmica estimulava os alunos participantes a apresentarem seus projetos artísticos, criados a partir da leitura de um livro. Neste ano o Estado do Rio de Janeiro atingiu excelente pontuação no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), após a realização deste projeto. Importante ver aqui se a pontuação no IDEB aconteceu este ano ou em outro.