@2016. gigibarretoestudio© Todos os direitos reservados

Prêmio Orilaxé

Grupo Cultural Afroreggae 
Vivo Rio, 2012 - RJ     
Direção: Roberto Talma    
Iluminação: Césio Lima
Cenário: Gigi Barreto

Em 2012 o Brasil ocupava o topo no ranking entre os países que mais matam travestis e homossexuais – dados da Secretaria dos Direitos Humanos. Por isso o Grupo Afroreggae elegeu o tema Diversidade Sexual para o Prêmio Orilaxé, palavra que, em Yorubá, significa “a cabeça tem o poder da transformação”. O Estúdio projetou uma cenografia totalmente móvel, formada por seis caixas e cada lado de cada caixa configurava um novo cenário, uma nova proposta estética, a ideia de que são múltiplos os ângulos de visão, fluidos e sem amarras. Um destes contextos revelava fotos de pessoas ditas “comuns” e gays, desconstruindo assim a ideia de que gays são figuras estereotipadas. As expressões “sai de dentro do armário” ou “dorme na caixa” aqui ganham um sentido de protesto: as caixas não escondiam nada, mas sim, gritavam em cores fortes e brilhantes, e integragiam todo o tempo com as entregas do prêmio.