@2016. gigibarretoestudio© Todos os direitos reservados

Virou o que virou

Teatro, Sesc Copacabana, 2016     
Direção, Texto e Atuação: Eber Igácio   
Cenário: Gigi Barreto   
Iluminação: Letícia Guimarães

Virou o que Virou conta a história de uma mulher solitária que, imersa em seu próprio mundo fragmentado, quer transformar-se em coisas e pessoas, dentro de um quitinete no bairro de Copacabana. Para abrigar este monólogo criei um cenário-casa, construído de arestas e chão de madeira, sem objetos de cena, sem paredes, onde o ator passava a maior parte do tempo. O objetivo era oferecer ao intérprete suporte e, ao mesmo tempo, liberdade para que pudesse atingir o máximo de sua potência de atuação e expressão corporal. Neste contexto, a iluminação foi a co-participante que deu os tons às curvas de emoção da personagem.