A Parada é o Caminho

Cia Teatro do Afeto, Teatro Poeirinha - RJ, 2019

Texto: Larissa Porto

Direção: Larissa Porto

Cenário: Gigi Barreto

Iluminação: Brisa Lima

Figurino: Juliana Videla

A Parada é o Caminho é um espetáculo arrebatador, que fala, com delicadeza e humor, de como afetamos e somos afetados nas nossas relações, fala de ancestralidade, de buscas e superações que acontecem ao longo da linha da vida. Larissa Porto é uma jovem atriz admirável, escreveu e dirigiu este espetáculo, onde se permite mergulhar em processos pessoais que traduz com poesia magistral para a cena. Seguindo a sutileza da criação de Larissa, buscamos uma única imagem, um  ícone   contundente,  para compor as cenas de A Parada é o Caminho: uma jabuticabeira colocada de cabeça para baixo, quase sem folhas, com o torrão à mostra, no centro do palco. Quase sem folhas porque o momento da intérprete era à flor da pele, era descamar ao mesmo tempo em que se revestia de nova pele para encarar sua autobiografia diante do público. Uma árvore porque é fonte da vida: nutre seus frutos, como a mulher, sustenta com raízes, como nossos ancestrais – imagem forte de nutrição, sustentação e geração de vida. Este cenário tão simples quanto potente ganhou uma parceria imprescindível, a iluminação de Brisa que trouxe as nuances e os recortes certos para cada momento.  

@2016. gigibarretoestudio© Todos os direitos reservados